Vestibular 2018/2: veja as datas para a FGV Administração de Empresas

Vestibular 2018/2: veja as datas para a FGV Administração de Empresas


As inscrições para o vestibular 2018/2 do curso de Administração na Fundação Getulio Vargas (FGV) abrem na próxima segunda-feira e vão até o dia 2 de maio. Elas devem ser feitas exclusivamente online, pelo site do processo seletivo.

As inscrições feitas até as 18h do dia 6 de abril terão desconto de 50% na taxa de R$ 150 para a seleção via Vestibular e de R$ 50 no ingresso pelo ENEM, IB, ABITUR e BAC.

No vestibular 2017/2, o CPV teve 126 aprovações na primeira lista!
63% da turma de Administração de Empresas fez CPV!

Assim como no semestre passado, será aberta uma turma de Administração Noturno. Assim, o aluno deverá optar na inscrição por participar do processo para o curso Diurno, para o curso Noturno ou ainda para os dois, indicando qual será a primeira e qual será a segunda opção.

Formas de ingresso
Cada candidato pode participar de uma ou mais formas de ingresso, sendo necessário fazer a inscrição para cada uma delas, pagando todas as taxas. Em todos os processos o aluno deve, obrigatoriamente, manter a mesma ordenação de opções de curso. Caso o aluno seja classificado para a segunda fase em mais de um processo, apenas a primeira entrevista agendada será efetivada e seu desempenho contará para todos os processos.

Vestibular
O vestibular da FGV Administração é feito em duas fases. A primeira fase será no dia 20 de maio, um domingo, com provas de manhã e à tarde.

No período da manhã, das 9h às 13h, o aluno deverá responder ao módulo dissertativo, com questões de Matemática Aplicada e Redação.

No período da tarde, das 14h30 às 18h30, será a vez do módulo objetivo, com provas de múltipla escolha de Matemática, Língua Portuguesa, Língua Inglesa e de Ciências Humanas.

Classificação
Serão eliminados os candidatos que tiverem nota bruta inferior a 2 em qualquer uma das provas da primeira fase, faltar em qualquer um dos módulos ou ainda não entregar os documentos obrigatórios, como a Carta de Motivação e o comprovante de conclusão do Ensino Médio.

A nota de cada uma das provas objetivas será padronizada estatisticamente. Após a padronização, será feita a média aritmética das quatro provas. Então, os alunos com as mil melhores notas no módulo objetivo terão a prova dissertativa corrigida.

Após a correção do módulo dissertativo, será feita a média final da primeira fase, com peso 2 para o módulo objetivo e peso 3 para o módulo dissertativo.

Os 740 alunos com maior média passam para a segunda fase.

ENEM e outros exames
Para os candidatos dos processos que usam outros exames, o desempenho nessas provas será o critério de classificação na primeira fase. Podem se inscrever para a seleção via Enem os alunos que tenham feito a prova em 2015, 2016 ou 2017 e tenham optado pelo Inglês como língua estrangeira.

Nesse caso, o resultado da prova de Matemática tem peso 2 e o de Ciências da Natureza é descartado. Após fazer a média ponderada, serão eliminados os candidatos com resultado inferior a 650 ou ainda aqueles que tiveram nota zero em redação.

Os 120 alunos com maior média passam para a segunda fase.

Pelo IB/ABITUR/BAC, podem participar os candidatos que tenham obtido o certificado nos últimos 24 meses e atingido desempenho igual ou superior a 34 pontos no IB, igual ou inferior a 2,3 no ABITUR ou igual ou superior a 15 no BAC.

As vagas para Outros Exames Internacionais é destinada aos alunos estrangeiros ou brasileiros com dupla nacionalidade que tenham cursado os últimos quatro anos do currículo obrigatório fora do Brasil e que não tenham diploma universitário.

Serão aprovados para a segunda fase até 30 candidatos via IB, 15 via ABITUR e 15 via BAC, levando sempre em conta os melhores desempenhos.

Segunda fase
A segunda fase é um Exame Oral, com até 20 minutos de duração, baseado na Carta de Motivação enviada pelo candidato antes da primeira fase. A entrevista é agendada e não existe a possibilidade de modificar o horário.

Nessa etapa serão avaliadas a capacidade de argumentar e justificar a escolha profissional, as habilidades analíticas e a capacidade de iniciativa do candidato.

Nessa fase, serão eliminados os candidatos que se atrasarem ou faltarem à entrevista ou ainda aqueles que tiverem nota bruta inferior a 3 no exame.

Para a padronização da nota, a FGV leva em conta o dia e a banca avaliadora. Ou seja, o aluno é comparado estatisticamente apenas com aqueles que forem atendidos no mesmo dia e pelos mesmos avaliadores.

Resultado final
Para a aprovação, é atribuído peso 7 à nota da primeira fase e 3 à nota da segunda, em todos os processos seletivos.

Pelo Vestibular, serão chamados os 185 candidatos com a média mais alta, em ordem decrescente.

Pelo Enem, serão convocados as 40 maiores médias; pelo IB, as 10 maiores. E  pelo ABITUR e BAC, as 5 maiores de cada um.

Carta de Motivação
A Carta de Motivação é obrigatória para todos os candidatos. Ela deve conter informações sobre a trajetória do aluno, interesses em áreas de conhecimento, o tipo de trabalho que pretende fazer e o impacto social que deseja promover na atuação profissional. Todas as informações devem justificar de alguma maneira a opção pela FGV como instituição de ensino.

Distribuição da vagas
Das 50 vagas noturnas, 35 são destinadas ao vestibular tradicional, 10 ao acesso via Enem e 5 reservadas para exames internacionais. Dessas, 2 serão preenchidas de acordo com o desempenho no International Baccalaureate Diploma Programme (IB), 1 com o ABITUR – exame que habilita o aluno a cursar o ensino superior na Alemanha-, 1 para o Baccalauréat (BAC) – exame francês-, e 1 com outros exames.

Já o curso de Administração Diurno conta com 200 vagas, sendo 150 destinadas ao vestibular tradicional, 30 ao acesso via Enem e 20 reservadas para exames internacionais. Dessas, 8 serão preenchidas de acordo com o desempenho no IB, 4 com o ABITUR, 4 para o BAC e 4 com outros exames.

Exclusivamente para o período diurno, se houver ao menos 35 candidatos aprovados que tenham proficiência em língua inglesa e que demonstrem interesse, a FGV pode abrir uma turma em que o curso seja integralmente ministrado em inglês. Nesse caso, se houver mais de 40 aprovados que cumprem os pré-requisitos, a classificação para a turma será composta pelo desempenho no exame de proficiência.

Fique atento à agenda abaixo e não perca os prazos:

19/3 a 2/5 – Inscrição para o Vestibular

19/3 a 30/5 – Inscrição para seleção via Enem e via IB/ABITUR/BAC

11/5 – Prazo final para entrega da Carta de Motivação e certificado de conclusão do Ensino Médio para candidatos do Vestibular

20/5 – Primeira fase do Vestibular – módulos objetivo e discursivo

8/6 – Prazo final para entrega dos resultados do ABITUR e do BAC para candidatos dessas modalidades

8/6 – Prazo final para entrega da Carta de Motivação e certificado de conclusão do Ensino Médio para candidatos para seleção via ENEM e demais documentações para candidatos para seleção via IB/ABITUR/BAC

15/6 – Resultado dos classificados para a segunda fase via Enem.

20/6 – Resultado dos classificados para a segunda fase via Vestibular

20/6 – Segunda fase para classificados via Enem Exame Oral

25 a 29/6 – Segunda fase para classificados via Vestibular- Exame Oral

6/7 – Resultado dos aprovados via Enem

10/7 – Prazo final para entrega dos resultados do IB para candidatos dessa modalidade

11/7 – Resultado dos aprovados no Vestibular

12/7 – Resultado dos classificados para a segunda fase via IB/ABITUR/BAC

16/7 – Segunda fase para classificados via IB/ABITUR/BAC – Exame Oral

18/7 – Resultado dos aprovados via IB/ABITUR/BAC e 2ª chamada para o Vestibular.

+ There are no comments

Add yours