Mostra Internacional de Cinema em São Paulo


Publicamos em nosso blog um artigo sobre a importância do cinema para os estudos.
Na sexta-feira (19/10) começou a  36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo  e não poderíamos deixar passar em branco! O Professor de Literatura do CPV, Veronese, tem diversas dicas para quem pretende aproveitar a chance de conhecer trabalhos inéditos e profissionais novos!

O catálogo da Mostra: disponível para venda no Conjunto Nacional por R$ 12,00.

Na hora de escolher os filmes, não se esqueça:
Privilegie aqueles sinalizados por  “legendas eletrônicas em português”. Esses são os filmes que não devem entrar em circuito. Os sinalizados com “legendas em português” entrarão em circuito comercial e você poderá vê-los logo logo.

Destaques da Mostra: 

* Homenageados do ano:
Andrei Tarkovksi (diretor russo) e Sergei Loznitsa (diretor ucraniano).
De Andrei Tarkovski estão disponíveis em DVD no Brasil: “A infância de Ivan”, “Nostalgia”, “O espelho”, “O violinista”, O rolo compressor”, “Andrei Rublev”, “O sacrifício, Solaris” e “Stalker”. De Sergei Loznitsa apenas “Minha felicidade” será exibido em circuito comercial. Os demais são todos inéditos aqui.

*Você gosta de se surpreender?

Não perca então “Keyhole”, de Guy Maddin, o canadense de gênero inclassificável.

* Gosta de novidade?
The Kampala Story  (Uganda), Winter of Discontent (Egito), produções da Jordânia, do Afeganistão, da Lituânia.

* Alemanha, Rússia e Grécia estão presentes com um significativo conjunto de produções. Se der tempo aproveite a chance de assistir ao menos um filme de cada lugar.

Filmes imperdíveis: 
1. O LAGO BALATAN, de Péter Forgács. Excelente documentário sobre o comunismo na Alemanha Oriental durante a existência do Muro de Berlim (1964-1990). O filme mostra, a partir do Lago Balatan (um ponto de encontro das pessoas que, impedidas de viajarem para o Ocidente, não tinham maiores opções no Leste Europeu), o cotidiano dos cidadãos alemães e húngaros sob o domínio da cortina de ferro.

Informações: 23/10 às 19:10 Itaú – Frei Caneca 6

2. CINEJORNAL, de Sergei Loznitza. Construído a partir de imagens de arquivos dos cinejornais da propaganda oficial, o filme reconstitui o cotidiano na ex-URSS durante os anos 1950 e 1960. O planejamento da economia, a vida nas fábricas, o desenvolvimento da indústria e da agricultura. Mostra também as encenações teatrais e os recitais de poesia com intenção educativa, as apresentações de dança e música, tudo num grande coro de louvação ao regime, para a construção do novo homem. Pode ser visto, fazendo-se um contraponto com o que aconteceu posteriormente à ex-União Soviética, como um conto de fada noir. Oportunidade mais do que rara de conferir essas imagens.

Informações: 27/10 às 17:35 ITAÚ – FREI CANECA 3 28/10 às 14:00 CINESABESP 30.10  às 14:00 ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA – AUGUSTA 3 31.10 às 14:00 ITAÚ – FREI CANECA 4

3. POST MORTEM, de Pablo Larraín. Filme essencial para a compreensão do papel da CIA na moldagem do continente latino-americano. Retrata o Chile de Pinochet, a partir do cotidiano de um médico que realiza os relatórios legistas das vítimas da polícia do regime. Post Mortem é complementado pelo estreante NO, do mesmo diretor. O ideal é vê-los nesta ordem: Post Mortem e No.

Informações: 29/10 às 11:00 Faap 30/10 às 17:40 Livraria Cultura 31/10 às 14:00 Itaú – Frei Caneca 5.
Sessão de NO:  30/10 às 14:00 Livraria Cultura

04. HEMEL, da diretora estreante Sacha Polak. Discute a relação entre uma jovem e seu pai: ela busca, numa entrega em parafuso a um batalhão de homens que vão surgindo em sua vida (com cenas bastante fortes) o amor que talvez ela só acredite encontrar no próprio pai. Este, por sua vez, se aventura com várias adolescentes, tentando esconder, talvez, o desejo que tem pela própria filha. *

Dos filmes mais comentados as dicas são:

1. Tabu
2. A feiticeira da guerra
3. O som ao redor 

 

Sobrou um tempinho? Então aproveite para ver também:

1. Hannah Arendt
2. O dia em que Mishima escolheu seu destino.
3. Ballet Aquatique
4. Colônia
5. Depois da batalha.
6. O dia que durou 21 anos
7. Espaços inacabados – A história da escola de artes de Cuba.
8. Alpes
9. Longe do Vietnã.
10. Margaret Mee e a flor da lua.
11. Na neblina
12. Nível cinco
13. A porta da jaula está sempre aberta.
14. Os três programs Loznitsa

 

Aproveite o máximo que puder a Mostra Internacional de Cinema.
Além de ser um excelente programa cultural,  a oportunidade de ver tantos filmes bons é rara!

Bons filmes, bons estudos!

Professor Verô.

+ There are no comments

Add yours